Só tem Medo Andando nesse Lugar

Este é o mundo de Fátima, uma menina palestina, e Yonatan, menino judeu, que utilizam as pedras imaginando-as como bonecas ou carrinhos, por exemplo, enquanto são crianças utilizam o mesmo espaço como ambiente de diversão em meio a guerra.

“É emocioante, principalmente na hora que ela diz que tem as amigas que são pedras Sarah, Leila e Mina” disse Leticia que acabará de assistir a peça “é triste saber que isso acontece”. A imaginação das crianças é algo fantástico, em meio a guerra conseguem ter uma amizade, e protegem-se.

A discussão é sobre a posse da terra entre palestinos e judeus mas poderia ser sobre qualquer outra forma de intolerância, de pessoas que tem sua ideia como melhor que a de outras pessoas, o estar mais certo que outros, um historia que poderia ser ambientada em qualquer outra época, em diversas partes do mundo.

Otimo espetáculo, e logo mais as 19h teremos Tróilo e Créssida, de William Shakespeare.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *